Gramática do Professor



Prepare-se para a Universidade!

A Gramática do Professor é um excelente material para estudo e pesquisa. Onde se aprende e se prepara para qualquer concurso e vestibular. A Gramática do Professor aborda os conteúdos da gramática geral sob os aspecto da oralidade e escrita, o aspecto morfológico da palavras, o aspecto sintático da palavra no discurso. Todos os conteúdos apresentam uma parte teórica de fácil compreensão para o estudante pesquisador; apresentam também, esquema didático, teste e material para imprimir.

Necessário para quem deseja vencer!

CONTEÚDOS:

1. LINGUAGEM E VARIAÇÃO LINGUÍSTICA
As palavras são criações do homem, surgidas da necessidade de partilhar pensamentos, desejos e sentimentos com os outros homens. A linguagem é o veículo significativo para estabelecer comunicação. Assim a linguagem, por ser manifestação de sentimento ou ideia, é uma particularidade primordial no estudo da produção de um texto. Deve ser entendida e, buscar-se formas adequadas ao que se pretende transmitir, bem como moldá-la a quem se pretende atingir – o leitor.

A linguagem e variação linguística estuda o "processo de comunicação" - o entendimento de uma pessoa com outra; "língua e fala"; "cultura"; "conceito de linguagem" – o exercício oriundo da faculdade, inerente ao homem, que lhe possibilita a comunicação; o "signo linguístico" – objeto material utilizado para estabelecer comunicação; "variação linguística" - níveis de fala que indicam as mudanças no uso da língua; "funções da linguagem" - escolha das palavras e das frases de acordo com a ênfase que pretende dar a um ou outro componente do processo comunicativo; "figuras de linguagem" - aspectos que assume a linguagem para fim expressivo, afastando-se do valor linguístico normalmente aceito (semântica, palavra, sintaxe).

2. ORALIDADE E ESCRITA
A Grafia é a parte da Gramática que se preocupa com a escritura das palavras através do emprego das letras - a Ortografia; as sílabas que compõem as palavras - sua correta separação; o emprego de hífen nas palavras compostas e na separação silábica; a acentuação das palavras irregulares tonicamente - que necessitam marcar a tonicidade; o emprego sintático da crase - fusão de sons iguais; a pontuação correta na estrutura sintática e a abreviatura de palavras.

A oralidade e escrita envolve os conhecimentos de: "fonema" - conceito e diferença entre fonema e letra, encontros fonéticos (vocálico e consonantal), dígrafo, classificação dos fonemas (vogais e consoantes); "grafia" - emprego de letras (grafema), homônimo e parônimo, emprego de palavras e expressões (em forma de dicas); "acentuação gráfica" - tonicidade regular das palavras, tonicidade irregular (ensina acentuação com uma só regra); "pontuação gráfica" - quando pontuar, uso da vírgula, emprego dos sinais de pontuação; "crase" - compreensão do fenômeno crase, exemplos elucidativos, expressões craseadas; "sílaba" - uso correto da separação silábica; "hífen" emprego do sinal gráfico separador em palavras compostas, partição de palavras.

3. CONTEXTO MORFOLÓGICO DA PALAVRA
Dispor de palavras suficientes e adequadas à expressão do pensamento de maneira clara, fiel e precisa leva a melhores condições para assimilar conceitos, refletir, escolher, julgar, na tarefa vital da comunicação. O contexto morfológico aborda o tema orgânico da palavra através da "estrutura da palavra" - morfemas lexicais e gramaticais, afixos (prefixo e sufixo), elementos da estrutura da palavra; "formação de palavras" - processo de composição (aglutinação e justaposição), processo de derivação (prefixal, sufixal, parassintética, regressiva, imprópria), outros processos formadores de palavras (onomatopeia, redução, sigla); "classificação das palavras" - palavras variáveis e invariáveis, relacionadas ao nome e ao verbo, função sintática das palavras; "flexão das palavras" - quanto ao gênero, ao número e grau.

4. CONTEXTO SINTÁTICO DA PALAVRA
A Sintaxe é a investigação da relação da palavra no discurso quanto à função, ordem, concordância e dependência.
1. A função que as palavras exercem na frase - função sintática.
2. A ordem das palavras na frase - sintaxe de colocação.
3. A concordância das palavras na frase - sintaxe de concordância.
4. A dependência das palavras na frase - sintaxe de regência.
Estudar a sintaxe de uma língua significa identificar e compreender as maneiras como se associam as palavras para formar frases.

O contexto sintático envolve: "termos da oração" - estudo do período simples (termos essenciais, integrantes e acessórios), aposto e vocativo; "orações do período" - estudo do período composto, processos de coordenação e subordinação, nomenclatura das orações e elementos relacionadores; "oração coordenada" - tipos de coordenação (sindética e assindética), elementos de ligação (conjunções coordenativas); "oração subordinada substantiva" - referencia às funções sintáticas das palavras (os termos da oração), elementos de ligação (conjunções integrantes), tipos de oração subordinada substantiva; "oração subordinada adjetiva" - pronome relativo e elementos relacionais, tipos de oração subordinada adjetiva, uso da vírgula entre as orações; "oração subordinada adverbial" - conjunções subordinativas, tipos de oração subordinada adverbial, emprego da vírgula entre as orações; "concordância" - concordância nominal e particularidades, concordância verbal e particularidades, concordância ideológica; "Regência" - nominal e verbal.

OBJETIVOS:

Preparar o participante para concursos, vestibulares, trabalhos escolares.
Aprimorar os conhecimentos gramaticais, evitando falhas de expressão e oportunizar um bom conhecimento do idioma.

PÚBLICO ALVO:

Este curso destina-se a profissionais, estudantes e pesquisadores que necessitam de aperfeiçoamento no uso da Gramática.

INVESTIMENTO:

Não perca tempo! apenas R$ 75,50.

CONTATO:

Envie e-mail para o professor ( ocsanmail@gmail.com ), dizendo de seu interesse, para receber informações sobre o pagamento e início imediato.

Ensino com Tecnologia - Professor Osvaldo Andrade
ocsanmail@gmail.com