Redação

Tudo que se escreve é Redação.

Como desenvolver um parágrafo?

Cada parágrafo, ao ser desenvolvido, deve ser organizado em torno de certas frases-básicas, que têm as suas funções originais:
Exemplo: “Viver na cidade tornou-se um grande desafio. A todo momento, as pessoas são vítimas das mais variadas formas de violência. É preciso que o governo se posicione urgentemente e crie medidas que mudem essa situação.”

Tópico Frasal: é a frase inicial, desenvolvida a partir da temática da orientação. Para se achar a temática de uma orientação, basta resumir o conteúdo principal do tema apresentado.
[Viver na cidade tornou-se um grande desafio]

Frase de Desenvolvimento: é desenvolvida a partir das respostas à pergunta “por quê?”, feita ao tópico frasal. Geralmente, um parágrafo se desenvolve com duas ou três dessas frases.
[Por quê? A todo momento, as pessoas são vítimas das mais variadas formas de violência.]

Frase de Conclusão: fecha a ideia do parágrafo. Iniciado por expressões do tipo “é preciso”, “é necessário”; fazendo assim uma relação de análise e solução.
[É preciso que o governo se posicione urgentemente e crie medidas que mudem essa situação.]

O que é Parágrafo?

PARÁGRAFO – é uma unidade de composição em que se desenvolve ou se explana determinada ideia. No entanto, há diversos processos de desenvolvimento e ordenação dessas ideias; há, também, diferentes formas de construção do parágrafo, dependendo da natureza do assunto, do gênero da composição e do objetivo do autor.

Essa unidade serve para dividir o texto em partes menores, tendo em vista os diversos enfoques. Quando se muda de parágrafo, não se muda de assunto. O assunto, a rigor, deve ser o mesmo, do princípio ao fim da redação. A abordagem, porém, pode mudar. O parágrafo é um microtexto, deve, portanto, apresentar uma organização lógica a fim de que o leitor siga o eixo do discurso e seja capaz de entender aquilo que se deseja comunicar.

O parágrafo é marcado por um pequeno afastamento da margem esquerda, de aproximadamente um centímetro e meio.


PARÁGRAFO PADRÃO
O parágrafo apresenta algumas partes bem distintas. Dentre elas a mais importante é o tópico frasal, que é a ideia-núcleo extraída, de maneira clara e concisa, do interior do parágrafo. Outra parte é o desenvolvimento, através do qual, o tópico frasal recebe uma carga informativa onde agregam-se ideias secundárias. A conclusão, nem sempre presente, serve para resumir o conteúdo do parágrafo, sublinhando o seu ponto de interesse e localiza-se no final do mesmo. Outra parte ainda, é o elemento relacionador, não obrigatório, mas geralmente presente a partir do segundo parágrafo do texto; visa estabelecer um encadeamento lógico entre as ideias, serve de "ponte" entre o parágrafo em si e o tópico que o antecede.

Tópico frasal
Em geral, o parágrafo-padrão, aquele de estrutura mais comum e mais eficaz, consta, sobretudo na dissertação e na descrição, de duas e, ocasionalmente, de três partes: a introdução, representada na maioria dos casos por um ou dois períodos curtos iniciais, em que se expressa de maneira sumária e sucinta a ideia-núcleo (tópico frasal); o desenvolvimento, isto é, a explanação mesma dessa ideia-núcleo; e a conclusão, mais rara, mormente nos parágrafos pouco extensos ou naqueles em que a ideia central não apresenta maior complexidade.


REFLEXÃO

Normalmente a adolescência é caracterizada como uma fase crítica, problemática e cheia de conflitos. Mas em que consistem esses problemas?

Procure refletir, anotando suas respostas num bloco de notas de seu computador:
a. Ser adolescente é mesmo difícil? Em que aspectos?
b. Já se tornou lugar-comum afirmar que o jovem é rebelde. Você concorda com isso? Em que aspecto?
c. Segundo a poetisa Ana Cristina César, "Ser adolescente é ancorar um navio no espaço". O que você pensa sobre isso?


Observe, agora, um parágrafo adaptado de uma reportagem jornalística:

Dúvidas marcam a adolescência

A adolescência é difícil para pais e filhos. Os primeiros lutam para dar uma educação diferente da que receberam, mas não conseguem se livrar de todos os tabus que adquiriram na vida. São poucos os pais que conseguem manter um diálogo tranquilo com seus filhos. Já os jovens não compartilham sua vida com os pais, pois estes também não sabem compartilhar a sua com os filhos. É uma conversa de surdos e, na maioria dos casos, não há solução e a opção passa a ser a fuga.

Note que, no parágrafo lido, há:
a) uma frase que contém a ideia central (A adolescência é difícil para pais e filhos);
b) várias frases que explicitam tal ideia.


Faça um levantamento das anotações de sua reflexão e redija um parágrafo sobre o problema de adolescente hoje.

Observação:
•Não esqueça do tópico frasal;
•Do desenvolvimento desse tópico (com argumentos e/ou exemplos);
•Um fechamento da ideia desenvolvida.

Escreva aqui seu parágrafo:

Tipos de parágrafo

a.Declaração inicial – o autor faz uma declaração sucinta, que é uma generalização do assunto de forma afirmativa ou negativa – é a síntese do seu conteúdo. Introdução neutra, desenvolvida pela explicação ou pela justificativa do que se declara.

b.Definição – processo exclusivamente didático, dadas as suas características de objetividade e clareza, é o que consiste em apresentar o tópico frasal sob a forma de divisão ou discriminação das ideias a serem desenvolvidas. Precede geralmente textos científicos. Desenvolve-se pela explicação dos termos que a compõem ou pelas consequências do conhecimento científico.

c.Alusão histórica – recurso que desperta sempre a curiosidade do leitor é o da alusão a fatos históricos, lendas, tradições, crendices, anedotas ou a acontecimentos de que o autor tenha sido participante ou testemunha. A alusão histórica é a representação de um fato passado relacionado com um fato presente servindo de ponto de reflexão.

d.Omissão de dados identificadores – técnica que consiste em omitir certos dados necessários a identificar a personagem e apreender a verdadeira intenção do autor. É um artifício eficaz nas mãos de um cronista, porque mantém a atenção do leitor suspensa durante largo tempo.

e.Interrogação – o parágrafo inicia com uma interrogação, seguindo-se o desenvolvimento sob a forma de resposta ou de esclarecimento. O autor lança mão desse artifício de interrogar primeiro o leitor para ir dando depois as respostas "aos pouquinhos" a fim de prender-lhe a atenção. A interrogação supõe um desconhecimento real ou dialético. No seu desenvolvimento pode apresentar uma resposta direta ou mais de um resposta.

f.Divisão – supõe a presença de dois ou mais termos. O desenvolvimento se realiza ora pela análise dos elementos em conjunto, ora pela análise dos elementos separadamente.

g.Citação – é um tipo de introdução que apresenta a opinião de alguém.

h.Proposição – explica seus objetivos, que no desenvolvimento segue normalmente o mesmo tom didático que este tipo de introdução condiciona.

i.Convite – procura seduzir o leitor de algum modo. É muito empregada em textos publicitários.

j.Suspense – faz aumentar a curiosidade do leitor diante do que vai ser exposto.

Ensino com Tecnologia - Professor Osvaldo Andrade
ocsanmail@gmail.com